segunda-feira, novembro 23, 2009

Contar até 10


As vezes nos deparamos com situações em que perder a calma e a sanidade parece ser o mais ideal, muitas vezes aconteceu comigo e não deu para segurar a barra, explodi, joguei para fora tudo que deveria ter guardado para mim, acontece que esse tipo de comportamento quase sempre tras mágoa em alguém ou sérios transtornos. Preciso assumir que ultimamente tenho aprendido a me controlar, a "contar até 10". Não imagina como esse simples pensamento pode evitar sérios problemas. Confesso que ando meio nervosa, mas contarei breve uma fábula, que evidencia perfeitamente a importancia de contar até dez.


Era uma vez... =)

bom, vou logo ao fato: tinha um caozinho perdido na selva e completamente desesperado, e quando ele menos esperava viu ao longue uma onça vindo em sua direção. Sabia que seria seu fim, então contou até dez, e viu uns ossos espalhados por ai, sem demora ele começou a roer os ossos e disse bem alto, - nossa que onça deliciosa esse que acabo de comer.

Eis que a onça ouvi, e claro, sentiu medo, "nossa que cão bravo, vou embora", e se foi sem pensar muito.
Eis que, um macaco por ali perto, ouviu todo o ocorrido, e resolveu fazer a "caveira" do cão, alcançou a onça e lhe contou toda a verdade, ela mal acreditadou, se sentiu enganada e prometeu voltar e matar o caozinho sem dó nem piedade. Então deu meia volta e voltou com o macaquinho em suas costas.
O caozinho mais uma vez viu a onça vindo em sua direção, dessa vez com o macaco sobre ela, então logo pensou "macaco traidor, o que farei?".
Mais uma vez contou até dez, e então achou a solução, virou-se de costa, demosntrando que ainda não os vira, quando a onça estava prestes a abocanhar sua presa, o caozinho fala bem alto mais uma vez, - Ô macaco preguiçoso, já vai fazer meia hora que o mandei buscar-me outra onça.


Sei que é apenas uma fabula boba, mas tem muito sentido, quando paramos para pensar em nossos atos, logo achamos soluções que parece estar na nossa "cara".


Fica a dica...

Boa semana

Beeeeijo

6 comentários:

Beatriz disse...

Olá!
Adorei a fabula, vou tentar lembrar quando eu estiver à beira de explodir e mandar tudo pros ares. hehehe
Beijos.

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Lua, a fábula não é boba não, é maravilhosa! A verdade das coisas explicadas é que é assim mesmo, simplezinha da silva.

Quanto a mim, tenho uma solução pessoal pra meus "dias de cão": sento-me, escrevo tudo que estou achando e sentindo, aquela raiva infernal que consome igual ferrugem em ferro velho eu ali despejo, e ao final, ponho o papel de lado.

Na manhã seguinte dou uma lida pra ver se mando ou não pro possível desafeto ou coisa parecida, e por fim decido: Mando sim! mas pro CL, cesto de lixo.

Tem dado excelentes resultados.

bjs

On The Rocks disse...

pois é, e às vezes deixamos passar.

bj

Very Barbosa disse...

no meu caso, contar até 20.000! rsrsrs

Passa lá no blog que tenho presentinho pra ti.

Bjbj,

Very - verybarbosa.blogspot.com

Daniel disse...

Perfeito, isto realmente funciona.. e há inclusive uma explicação científica para isto..rs
Parabéns pelo post!

Maria Miranda disse...

Adorei!
Como o que parece frágil é, por vezes, tão forte!!
Beijinho