segunda-feira, março 05, 2012

Infinitas relações

É estranho e ao mesmo tempo muito difícil falar sobre relações, as vezes me pego pensando sobre isso, sobre como pessoas totalmente diferente se dão muito bem, obrigado! e como pessoas iguais não suportam ficar no mesmo ambiente. As vezes dentro da própria família há atritos, pessoas que são teoricamente programadas para se darem bem, acabam nunca se olhando na cara.

Já aconteceu comigo, na verdade, recentemente, briguei com uma pessoa da família, somos de opiniões diferentes e isso não bastou para que houvesse respeito entre nós, resultado, me afastei, pois não pude absorver a ideia de que relações sociais são realmente complicadas.

Ter um relação saudável com alguém requer muito esforço, de ambas as partes, você tem que aprender a ceder algumas coisas e as vezes até deixar um pouco de lado aquilo que você realmente acredita. Nossa, mais isso é um porre. Pessoas as vezes são insuportáveis.

Conseguem perceber minha indignação com o ser humano?
é porque o ser humano não tem nada de humano, é um bicho preguiçoso, folgado e aproveitador, você faz tudo por alguém e quando você menos espera essa pessoa puxa seu tapete. é sério, isso acontece, acontece até entre irmãos.

O que então fazer pra manter a relação a seu favor? se aproveitar das pessoas? ou se afastar?

E quando já não se consegue olhar para cara de uma pessoa e mesmo assim precisa suportar, tolerar, pois o destino (esse sacana mesmo, que vive rindo da gente) te coloca frente a frente com essa pessoa todos os dias.

Já vi que não posso mais falar sobre relações, isso tá ficando muito pessoal.
vou para por aqui senão vou acabar mostrando todas minhas vontades em relação a certas pessoas.






Bye
Lua

Nenhum comentário: